Como tirar a hostilidade de nosso coração

Não se preocupe com problemas e dores futuras, pois isso só serve para cansar o corpo e o espírito, esvazie sua mente e não se sobrecarregue.” – O’Sensei

No inicio de cada treino, recitamos o “Espírito do Manseikan Aikido”. Nele há uma sentença que diz: “Ele (aiki) não só tira a hostilidade de nosso coração como transforma aqueles que nos parecem inimigos, não mais em inimigos.” Simplificando, um inimigo se refere a uma entidade com a qual alguém está em conflito, ou a um “oponente” numa briga ou luta. Pensando no conceito básico de inimigo, em pequena escala, ele se refere ao conflito entre indivíduos ou, em grande escala, pode envolver grupos diferentes, raças, países, etc. Mas o que exatamente significa “tirar a hostilidade de nosso coração” e “transformar aqueles que nos parecem inimigos, não mais em inimigos?”

Há guerras acontecendo hoje em vários lugares do mundo.Como resultado, pessoas são vitimadas, feridas e mortas. Por que as guerras como estas acontecem? Conflito racial, diferenças religiosas e fatores econômicos são algumas das causas que estão na raiz de todo esse derramamento de sangue e violência. A maneira de pensar “estou certo e você errado” e forçar uma pessoa a submeter-se ao desejo de outra contribui ainda mais para o conflito que existe hoje no mundo. Assim como as guerras tem sido travadas usando “motivos econômicos”, lutar não se limita necessariamente apenas ao uso de violência física para atingir os desejos egoístas das pessoas. Num mundo como este, é possível tirar hostilidade de nosso coração e nos livrar da animosidade?

“Tirando a hostilidade de nosso coração” não significa submeter-se a vontade de outrem contra a sua própria vontade. Forçar alguém a submeter-se a você só serve para alimentar raiva e convidar o desejo de vingança contra você mais tarde. Porque a sentença continua com “transformar aqueles que nos parecem inimigos, não mais em inimigos”, é essencial que dominemos a técnica e guiemos o assim chamado “inimigo” para que ele veja o nosso ponto de vista, possibilitando, assim, a ambos extinguir o sentimento de hostilidade dentro do coração.

Por que em tempos modernos ainda existe tanto conflito? Isso acontece sem dúvida devido ao fato de que o coração das pessoas tornou-se cada vez mais egoista. A filosofia de “contanto que eu esteja bem, por que devo me preocupar com os outros?” sem dúvida é muito responsável por isso. O mundo hoje está cheio de contradições. Devido à extravagância, existem países que produzem toneladas de excedentes, enquanto que outros muitas pessoas não tem o que comer e morrem de fome diariamente. Os efeitos positivos do contínuo avanço tecnológico nos faz pensar que o mundo se tornou menor e mais unido. Se, no entanto, o coração das pessoas continuar espalhado como está, continuaremos eternamente sem paz no mundo e muito separados.

O Fundador do Aikido, Morihei Ueshiba, foi inspirado por Deus para criar uma técnica para todos, que não seja usada para derrotar ou diminuir seu parceiro, mas sim para extinguir a animosidade e cultivar um mundo de amor. Ele recebeu a base dessa missão divina por meio da iluminação e, no fim, a missão de todas as artes marciais (budo) é parar com o conflito e construir um mundo pacífico na Terra.

Um dos poemas do Fundador diz:

Ponha em movimento

o poder do cosmos

usando o Aiki:

Crie um lindo mundo

e adote a paz.

Se não atingirmos um ponto em que todos os indivíduos adotem esse espírito do qual o Fundador falava, livre de animosidade e livre da percepção de inimigos, o mundo não poderá nunca estar realmente em paz. Por mais maravilhoso que seja um sistema (governo, educação, etc.), se o coração das pessoas não se tornar bom, o objetivo desse sistema maravilhoso não se concretizará.

Está escrito no espírito do Aikido: “Aiki é amor. É o caminho que leva nosso coração à união total com o espírito do universo, completando nossa missão na vida e nos enchendo de amor e reverência por toda a natureza.”

Esse “espírito do universo” é amor incondicional. O amor que existe na natureza e aceita tudo o que existe no Universo. As palavras do Fundador indicam o despertar desse amor dentro de nós, fomentando-o a fim de aplicá-lo a todas as coisas vivas, e usando todas as nossas habilidades para realizar todo nosso potencial.

Aikido não é uma técnica de destruição. É o ensinamento de um caminho de prosperidade mútua absorvendo o espírito de nosso parceiro, conectando-nos com ele/ela e tornando-nos um só numa fusão. É um meio de remover a hostilidade de nosso coração por meio da prática da técnica física que os leva à unificação do corpo com o espírito.

FURIMIRU

Em seus ensinamentos, o Fundador declara que todas as técnicas devem ser guiadas pelo espírito e encarná-lo, e ele nos pede para polir e refinar nosso espírito. As técnicas do Aikido Manseikan nas quais nos damos completamente para nossos parceiros, por meio de uma conexão harmoniosa com ele, buscam exatamente isso.

click aqui para ver uma demonstração de Kanshu Sunadomari

Texto extraído do livro “A Iluminação através do Aikido” de Kanshu Sunadomari,

tradução: Shihan Wagner Bull

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s